terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Fôlego

"Sim, eu tenho que me encontrar

Revirar para achar onde é que eu fui parar,
Encontrar no eu a confiança,
Da sagrada aliança,
Da valorização,
Pois por entre anos fui excluída,
Me senti feia, constrangida,
Me fechei na ilusão,
Do padrão europeu, suicida,

Mas a cada instante existe um renovo
Onde acordo, me olho e me encontro,
Buscando dentro do profundo eu
O acalento sagrado, do carinho que não foi dado
E da auto-estima que não foi ensinada,
E que das cicatrizes se encontre a cura,
Pois constrói por anos a auto-estima
É por um segundo se destrói, e tudo se recria,
Para que mais uma vez o amor próprio se habita,
Afirmo, crio em mim e
Repito: "Eu sou Linda!"


1 comentários:

Felipe Ferreira disse...

Maravilhoso, todos nós devemos buscar a auto-estima no nosso eu diário !

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas