segunda-feira, 25 de março de 2013

Jogos de palavras verdadeiras, desabafo sem apego!



"Sem parcialidade,
Eu rogo pela verdade,
Eu quero olho no olho,
Não quero meias verdades,
Quero verdade inteira,
Não meias verdades nessa internet leseira,
Internet que vem destruindo,
Que vem despedaçando a cada amizade construída,
Vem separando aquele que une,
Vem destrinchando o que está em oculto,
Vem declarando que o inimigo é presente nos que mais buscam,
Vem sintonizando áreas que não curam,

Eu quero te dizer que eu amo você,
Sem bendito amor que causa dor,
Aquele que ama não precisa falar,
Precisa demonstrar,

Aquele que respeita não precisa falar,
Precisa demonstrar,

Aquele que quer dizer a verdade tem que falar,
Tem que demonstrar,

O seu caráter te define pelo que você é
E não pelo perfil virtual,

Eu quero uma amizade, amizade verdadeira,
Quero amizade bíblica, 
Aquela que não se vê mais por aí,
Quero verdade no olho no olho,
Quero olho no olho,
Quero olho no olho..."

sexta-feira, 8 de março de 2013

Espada afiada.


E quando está tudo tranquilo,
Vem Ele com sua espada ferindo,
Fere toda a ilusão, fere toda a união,
Fere quem está sensível, fere o mais cativo,

Ela vem cortando o mal,
Ela vem dolorindo todo o mal,
Esta espada é afiada,
Esta espada é justa,
A espada verdadeira,

Esta espada é de Haile Selassie
Quem queima agora as minhas orelhas,
Sua espada vem para segregar os bons,
Sua espada vem para eliminar os maus,
Sua espada vem para disseminar aqueles que ainda vivem no mundo,



Sigo meu caminho,
Não querendo deixar de falar,
Mas a espada diz, deixa que eu venho para cortar e dissipar,

Para que haja união,
Para que haja perdão,
Para que haja harmonia e para que haja amor,
É necessário o sentir,
O silêncio é a melhor resposta,
E o amor é a melhor retribuição,

Por isso me lembro daquele antigo cântico etíope "segue teu caminho e deixa quem quiser falar..."
Eu complemento, com "deixando a espada de Haile Selassie dissipar e limpar..."




Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas