sexta-feira, 8 de março de 2013

Espada afiada.


E quando está tudo tranquilo,
Vem Ele com sua espada ferindo,
Fere toda a ilusão, fere toda a união,
Fere quem está sensível, fere o mais cativo,

Ela vem cortando o mal,
Ela vem dolorindo todo o mal,
Esta espada é afiada,
Esta espada é justa,
A espada verdadeira,

Esta espada é de Haile Selassie
Quem queima agora as minhas orelhas,
Sua espada vem para segregar os bons,
Sua espada vem para eliminar os maus,
Sua espada vem para disseminar aqueles que ainda vivem no mundo,



Sigo meu caminho,
Não querendo deixar de falar,
Mas a espada diz, deixa que eu venho para cortar e dissipar,

Para que haja união,
Para que haja perdão,
Para que haja harmonia e para que haja amor,
É necessário o sentir,
O silêncio é a melhor resposta,
E o amor é a melhor retribuição,

Por isso me lembro daquele antigo cântico etíope "segue teu caminho e deixa quem quiser falar..."
Eu complemento, com "deixando a espada de Haile Selassie dissipar e limpar..."




Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas