segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

Insensibilidade e indignação.


Bendito Amor Senhores e Imperatrizes,


Venho aqui humildemente expressar minha indignação sobre o sistema.
Como pode o sistema nos causar tanta opressão sobre nossos corpos?
Como pode o mundo nos acordar e dormir mau-humorados?
Como pode o mundo nos levar a perder entes tão queridos?
E até mesmo perder o amor próprio ?
E o respeito em nós mesmos ?
Como pode o mundo nos deixar abalar de uma forma tão fácil e repentina?
Como pode o mundo deixar que nossa humildade seja colocada no lugar do orgulho?
Como pode o mundo nos deixar aborrecer por causas tão ignorantes?
Como pode o mundo nos separar de Cristo?

Diante de tais proposições eu deixo aqui o meu convite, assim como diz em Apocalipse, aceitemos o Cristo em nossas vidas que ele entrará em nosso lar e ceiará conosco.
Mas não aceitá-lo de uma forma conveniente e prazerosa, somente com a ganância de obter a salvação.
É aceitá-lo de forma a abrir teu coração, encher seus pulmões e clamar ao Cristo quando mais necessitamos, obtendo a Sua misericórdia, Ele vai vir como renovo, a cura e a libertação sobre nossas vidas.
E o agradecimento?
O mínimo que possamos agradecê-lo é vivendo o pouco que Ele nos deixou, que é simplesmente seguir o PRIMEIRO mandamento, que está escrito nas escrituras de Moíses: "Amarás ao próximo como a ti mesmo."

Parece simples não?
Mas o que é o amor?
Amar é se entregar, é respeitar, é não adulterar, é conseqüentemente cumprir com todos os próximos mandamentos e aí é uma forma de agradecimento a misericórdia do Nosso Senhor Todo Poderoso.

Pois então, chega de falar, de olhar ao próximo, chega de desvalorizar, de se desrespeitar, de se deixar levar pelo mundo...
Vamos caminhar pelo caminho divino e o caminho mais lindo e brilhante cheio de amor e igualdade.

Este é meu convite pra ti:
"Vamos caminhar com o Senhor Cristo?"


Haile Selassie Emmanuel Cristo Rastafari esteja conosco.

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas