terça-feira, 16 de abril de 2019

Dualidade.

Resultado de imagem para african look

"Acima e abaixo,
Lua e Sol,
Dia e noite,
Servem a mim como um farol,

Trazendo histórias não felizes,
Buscando reencontrar origens,
De tal andança me peguei pensando,
Do sofrimento da mulher preta em seu cotidiano,

Intensificando nos seus caminhos,
Se auto conhecer,
Restabelecendo em suas experiências, reviver,
Fluindo em suas mais profundas raízes, renascer.

O bem e o mal habitam como um naufrágio,
Por onde através deles, eu travo meu diálogo,
De subir aos céus alcançando a glória,
Descendo até nas profundezas mais íntimas, alcanço a vitória,

Por tantas vidas eu renasci,
Diante de tantas missões eu subi e desci,
Carregando sentimentos que não foram meus,
Mas que intensificaram mais na missão do Eu e Eu.

Sobrevivendo, resistindo e guerreando todo dia,
Trazendo o sentimento para dentro do eu chamado harmonia,
Travando diálogos internos de justiça,
Trazendo em si próprio sentimentos, sem malícia,

Para não esquecer do Eu,
Não fugir do Eu,
Curar, renovar e fortalecer o Eu e Eu,
Para que insista e persista o equilíbrio entre as dualidades em vida."

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Diferencial.

Resultado de imagem para african blood


Seja você o diferencial que espera do próximo,
Não seja mais um tolo, alienado,
Apontando julgamentos sem propósitos,

Ao invés de pensar em julgar, criticar ou apontar, sem discernimento,
Procure em si próprio o auto-conhecimento,
Traga para si, coisas que te façam crescer pelo seu próprio merecimento,

Busque seu próprio poder, ao invés de desmerecer o próximo,
Sem sequer fazer o melhor, despedaçar o seu pouco de energia,
Que a própria Babilônia te toma!

Faça a união dos que realmente estão na mesma missão que você,
Não perca seu tempo limitando energias que não te fazem crescer,
Crie em seus círculos momentos que possam deixar esses ruins sentimentos,
Jogue-os fora, renovando seu sagrado alimento,

Sistema buscando seus filhos rebaixar,
Por falta de inteligência, ele nos faz deixar de amar,
Sistema batalha dia-a-dia para remover do nosso povo a auto-estima,
A mesma que anos foi crescida dentro de si mesmo,
E que hoje este mesmo sentimento nos desalinha.

Não se esquecendo daqueles que os criou,
Seu vô, sua vó, seus ancestrais em mais puro louvor,
Não se esqueça de seus benditos ensinamentos,
De sempre que pensar em negativo, volte para dentro.

Resgatando mais uma vez o Eu que se perdeu,
O que o homem branco veio e tirou,
Voltando-se para o Eu-espírito,
onde habita o ser Superior que te gerou,
Consagrou como Deus e Deusa e eternamente te valorizou.




Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas