quinta-feira, 14 de abril de 2011

A Paz Sétupla.


"Ó Mestre!

Trazei à tua terra o reinado da paz!

Eu dou a paz de tua Mamãe Terrena ao teu corpo,
E a paz de teu Papai Celestial ao teu espírito,
E que a paz de ambos reine entre os Filhos do Homem.

Vinde a mim todos que estais cansados e sofreis em disputas e aflição!
Que a minha paz vos fortalecerá e consolará,
Pois a minha paz está excessivamente cheia de alegria.
Daí que Eu sempre vos saúde desta maneira:-
A paz seja convosco!

Saudai sempre assim, portanto, o vosso vizinho,
Para que sobre o vosso corpo desça a paz da vossa Mamãe Terrena,
E sobre o vosso espírito a paz do vosso Papai Celestial!
E então encontrareis paz também em vós,
Pois bem-aventurados são os que lutam pela paz,
Pois eles encontrarão a paz do Pai Celestial.

E dai a cada um a vossa paz,
Como Eu vos dei a minha paz,
Pois a minha paz é a paz de Deus.
A paz seja convosco!"

"Eu sou o Teu Deus..."


"Te falo. Serena-te, reconhece que Sou Deus.

Te falei quando nasceu. Serena-te, sou Deus.
Te falei em sua primeira contemplação. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falei em tua primeira palavra. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falei em teu primeiro pensamento. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falei em teu primeiro amor. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falei em teu primeiro cântico. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através do pasto das pradarias. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através das árvores dos bosques. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através dos vales e das colinas. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através da montanha sagrada. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através da chuva e da neve. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através das ondas do mar. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através da umidade da manhã. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através da paz do entardecer. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através do fulgor do sol. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através das estrelas brilhantes. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através das nuvens e das tormentas. Serena-te e reconhece, sou Deus.
Te falo através do trono e do relâmpago. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo através do arco-íris misterioso. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falarei quando estiver só. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falarei através da sabedoria dos antigos. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falarei quando haja visto a meus anjos. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falarei por toda a Eternidade. Serena-te e reconhece, Sou Deus.
Te falo. Serena-te e reconhece, Sou Deus."




Perdão, obrigada e amém.


Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas