quinta-feira, 10 de junho de 2010

Abertura dos jogos da Copa.


Saudações à todo o povo preto não só de cor, mas de espírito.


Gostaria de deixar a minha opinião sobre este jogos que espiritualmente podem mudar a história de um país destinado ao Senhor Deus Todo Poderoso.

Damos graças por Jah ser tão maravilhoso, e escolher o momento certo, a hora correta para esta copa acontecer e indiretamente causar tanto impacto aos visitantes deste país como aos meros espectadores que possam contemplar um pouco dessa história.
Confesso que fiquei muito emocionada com esta abertura dos jogos, que tenho certeza, que para nosso país tão sagrado será um canal de aproximação do povo a voltarem as suas raízes verdadeiras.

A homenagem que fora retratada por Nelson Mandela, também foi maravilhosa, que homem, que se levantou e levanta até hoje para a liberdade do povo preto em nome do nosso Deus todo Poderoso, damos graças mais uma vez.

Eu acredito que a copa não só viera para unificar, mais para trazer seu povo que anda disperso de Jah para se aproximar de mansinho, bem de mansinho para o nosso Jah.
Esta copa na África veio trazer à todos nós, um espírito de alegria em meio a tribulação, de esperança que aparece em meio a escuridão, de FÉ principalmente que é o que este povo preto tão original, tão puro e tão lindo tem nos mostrado, conforme podemos ver nas televisões.

Meus queridos e queridas, vamos neste momento esportivo, olharmos uns aos outros com espírito de amor que Cristo nos ensinou...
Vamos começar a olhar o mundo de uma nova forma, uma forma mais feliz e prazerosa de se viver ...

Sim ?

Amém, damos graças Senhor, por mais um momento de revelação e alegria.

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas