sábado, 15 de dezembro de 2012

Atmosfera.



Acredito que Oswaldo Montenegro, fala por mim neste momento,

O bem querer...

Eu gosto de andar pela rua, bater papo, de 

lua e de amigo engraçado. 

Eu gosto do volume, do perfume, do ciúme, 

do desvelo e de abraço apertado. 



Eu gosto de artistas diversos de crianças de berço e do som do atchim. 

Tem gente, muita gente que eu gosto, que eu quase aposto que não gosta de mim.

Eu gosto de quem sempre acredita a violência é maldita e já foi longe demais. 

Eu gosto de inventar melodia, da palavra poesia e de palavra com til. 



Eu gosto é de beijo na boca de cantora bem rouca e de morar no Brasil. 



Eu gosto assim de quem é eterno de quem é moderno e de quem não quer ser.

 Eu gosto de varar madrugada, de quem conta piada e não consegue entender. 



Eu gosto de quem quer dar ajuda e acredita que muda o que não anda legal.



Eu gosto é de ver coisa rara. A verdade na cara é do que gosto mais. 



Eu gosto porque assim vale a pena, a nossa vida é pequena e tá guardada em cristais.



 Eu gosto é que Deus cante em tudo e que não fique mudo morto em mil catedrais. 




- Oswaldo Montenegro

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas