domingo, 23 de dezembro de 2012

Explosão.

"Explodi sentimentos,
Nesta solidão da madrugada,
Transformação sim,
Junto com uma dourada intensão,



Crescendo de menina para mulher,
O corpo sente os repuxos 
O corpo sente as mudanças,

A melancolia vem invadindo,
Com aquele som sucumbindo,

Segure a respiração e conte até 10,
O chão treme, e a força vem,
Vem embalada como se fosse o fim,
Pensamentos soberanos vem e vão,
Para poder curar toda má intenção,

Sinto que seria como o começo,
Recomeço de um novo tempo,
Mudanças que virão para o bem,
Típicos desapegos de uma solidão que não tem fim,

Tá muito bom, tá muito bom mesmo estar sozinha,
Me conhecer melhor, melhor minha família,


Eu desejo muito a prosperidade, a vida 
A liberdade,
Desejo sem fim ser uma mulher infinita,
Infinita em puras poesias,
Sim, puras, porque pureza é pura,
Pureza é vinda de trono,
Do trono branco revestido de ouro,
Do trono soberano trono,
Do dono deste mundo..."


Muito amor para meus estimados irmãos,
Que as palavras da vossa boca e a meditação do vosso coração
Sejam aceitáveis perante a vossa visão, oh Far I.

0 comentários:

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas