segunda-feira, 14 de março de 2011

Às vezes...


"Às vezes eu me pergunto,

Quem sou eu ? O que estou fazendo aqui ?
O que eu devo fazer ?"

Você já caiu num questionário deste antes.
Hoje me senti incessantemente desta forma, estou com um sentimento que está corroendo meu coração há algumas horas, e decidi vir aqui escrever,
Ver se essa dorzinha que está me incomodando passa !
Sabe quando seus "parafusos" não estão se encaixando, estou me ouvindo e me pergunta "Credo, sou eu mesma quem tô cantando, está horrível", estou passando por um momento de auto-conhecimento, acredito eu, e está bastante complicado,
Está mexendo com os meus sentimentos, esses dias todos acordei com uns nózinhos na garganta, qualquer coisa que me falam, meu olho enche de lágrima, tudo, eu tenho vontade de ir para o quarto chorar... Realmente é um fenômeno que eu desconheço dentro de eu e eu.
Passei por dez dias de intensa solidão, meu marido foi fazer uma viagem para Minas Gerais a trabalho, no começo gostei da idéia, porém com o passar dos dias, fui me sentindo sozinha, um sentimento de solidão foi corroendo dentro de mim, e um dia depois que ele se foi, eu fiquei com um tipo de virose, não sei se é a falta de costume dele estar longe e meu corpo sentindo, ou se foi o que penso que é, totalmente espiritual, passei por um período de limpeza de uns três dias,
e durante esses três dias, me senti muito sozinha, sabe, meus pais ainda foram viajar, então meus portos-seguros, não estavam ali para me ajudar.
Aí no momento parece que os céus se fecham pra ti, não encontro amigo nenhum, ninguém que possa suprir ao menos, mais ou menos igual.
Foram dias bem difíceis, ao mesmo tempo que estava freqüentando lugares, não estava me sentindo de fato onde está, estava avoando, estava me sentindo fora destes lugares espiritualmente.
Enfim, chegou momento de ensaio, de estar com os irmãos, eu ensaiei, e não me senti a vontade, minha voz não fluiu, ouvi depois estas gravações e na minha opinião ficaram horríveis, meditei se realmente meu dom é o dom do canto, pois o que mais poderia me incentivar , não me incentiva, então fica desanimada para continuar nesta caminhada, me sinto um pássaro sem asa, sabe, sem ter o que fazer, nem saber por onde começar,
Realmente , desconheço meu ser.
Meu estado emocional, está abaladíssimo !
Meu pai está passando por uma fase péssima em sua vida, e me sinto responsável em ajudá-lo,
Enfim, são muitas coisas,

Realmente elevo este momento ao Senhor,
Pedindo que me dê forças para lutar, e realmente não sei o que está havendo comigo, mas quero tomar meu lugar, e peço que Deus me coloque em meu verdadeiro lugar, peço a Deus que realmente esteja me conciliando e me conhecendo, podendo me compreender, e ao invés desse pranto, dessa depressão que assola eu possa estar em harmonia comigo mesma, estar vivendo em perfeita união comigo mesma, para que conseqüentemente eu venha estar com o próximo.

Perdão, obrigada, amém.

Oração para firmeza no pensamento e auto-conhecimento:

"EU SOU uma criança da LUZ, EU amo a LUZ, EU sirvo a Luz, EU vivo na LUZ.
EU estou protegido, iluminado, suprido, curado e sustentado pela LUZ.
Eu Sou LUZ, LUZ, LUZ; e EU abençôo a LUZ.
EU SOU o que medito SER, aqui e agora.
LUZ, LUZ, LUZ na minha mente.
LUZ, LUZ, LUZ no meu coração.
LUZ, LUZ, LUZ no meu sustento.
LUZ, LUZ, LUZ é minha vida, energia e suprimento."

0 comentários:

Holding on to Jah

Esconderijo - Ana Cañas